Actividades do Mês
  • Desfolhada na Aldeia do Pontido

    (Fafe)

    Programa

    06 de Novembro

    • 10:00 – Recepção e visita ao Centro de Interpretação Ambiental da Aldeia do Pontido;
      11:00 – Percurso Pedestre “Trilho Verde da Marginal” (3 Km)
      12:30 – Almoço
      15:00 – Visita ao Pisão e ao Moinho
      16:30 – Desfolhada com lanche.
      20:00 – Jantar

    07 de Novembro

    • 10:30 – Percurso pedestre á volta da barragem da Queimadela.
      12:30 Fim do programa

     

    A Aldeia do Pontido voltou à vida depois de três décadas de abandono. Distribuída pelas margens do rio Vizela, perto da sua nascente, a Aldeia do Pontido proporciona uma experiência única no Turismo no Espaço Rural.

    A recuperação do alpendre e espigueiro e a sua reconversão num Centro de Interpretação Ambiental e a recuperação do Moinho e do Pisão da aldeia permite aos visitantes perceber a dinâmica de uma aldeia rural, ao mesmo tempo que conhecem os valores naturais e culturais presentes na região.

    A Aldeia do Pontido é atravessada por um trilho pedestre, o “Trilho Verde da Marginal” que leva os visitantes num passeio à volta da Barragem da Queimadela, logo a jusante da aldeia.

    A recuperação de uma tradição cultural das aldeias rurais, a desfolhada, permite aos visitantes apreenderem uma das práticas estruturantes das aldeias rurais do passado, cumprindo um dos passos do ciclo do pão, alimento fundamental, antes como agora.

    Um carro de bois leva o milho até ao alpendre, onde é despejado e se dá inicio à operação de retirada da espiga do pé de milho. As espigas são levadas para o espigueiro, enquanto a palha se vai juntando para a construção da “meda”. A actividade é animada por um tocador de concertina e pela presença de pessoas das aldeias em redor, que nos “emprestam” um pouco da sua sabedoria nas artes da agricultura e não só.

    A visita ao Moinho de Vento e ao Museu do Moinho e do Povo de Aboim permite visitar um dos únicos exemplares recuperados no nosso país, além de fantástica paisagem envolvente, de uma das maiores manchas continuas de Carvalhal no nosso país.

     

    Como chegar:

    • A partir do PORTO
      Apanhar A3 em direcção a Famalicão.
      Depois seguir em direcção a Guimarães.
      Depois seguir em direcção a Fafe.
      Sair da Auto-Estrada em Fafe e seguir em direcção à Barragem de Queimadela.
    • A partir de BRAGA
      Apanhar A11 em direcção a Guimarães.
      Seguir em direcção a Fafe
      Sair da Auto-Estrada em Fafe e seguir em direcção à Barragem de Queimadela

    Google Maps