Actividades do Mês
  • Territórios de montanha: Percursos de lazer.

    (PN Peneda-Gerês)

    Lindoso e Soajo são o ponto de partida para conhecer a cultura, o património e a natureza deslumbrante desta área de montanha, no coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Chegue mais perto da natureza da melhor maneira.. Longe do reboliço da cidade estes são os ingredientes que lhe vão garantir um tranquilo fim-de-semana.

     

    Sábado: Lindoso - Soajo

    Partindo da aldeia de Lindoso, mesmo na fronteira com Espanha,  irá percorrer trilhos ancestrais que rasgam a exuberante paisagem serrana, tendo como destino a vila do Soajo. Ao longo do percurso terá oportunidade de visitar alguns aglomerados rurais, deslumbrar-se com  paisagens de uma imensidão sem fim, conhecer algumas das tradições e modos de vida local bem como provar da sua gastronomia.

    É um caminho bem desenhado e cravejado na paisagem incerta, ladeado de muros e totalmente cobertos de musgo. Carregado de história, este percurso foi utilizado durante muitos anos por contrabandistas e passadores na esperança de “fintar” a Guarda Fiscal nas “transacções” com Espanha.

     

    Domingo: Santuário NS Peneda - Várzea

    Os participantes terão a oportunidade de percorrer caminhos seculares, utilizados pelos romeiros nas suas peregrinações ao santuário da Nossa Senhora da Peneda, admirar todo o explendor das paisagens ao longo do vale por onde passa o rio Peneda e desembocar na “mistura das águas”, lugar onde o rio Peneda se junta ao rio Laboreiro, um dos locais escolhidos por todos aqueles que antigamente queriam dar “o “salto” para França.

    Com uma imagem soberba da albufeira do Lindoso, o percurso termina no lugar da Várzea, aldeia que se viu separada de Olelas, a sua vizinha espanhola, quando as águas da barragem inundaram todo o vale.

     

    Lindoso

    Lindoso é composto pelos lugares de Castelo, Cidadelhe e Parada. Tendo surgido nos princípios do séc. XIII o Castelo do Lindoso é um monumento com funções defensivas e assumiu particular importância no período de conflitos militares com Castela.

    Junto ao Castelo de Lindoso existe uma eira composta por 50 espigueiros dos séc. XVII e XVIII que apresenta um aglomerado único no país e de rara beleza.

     

    A vila do Soajo

    É um aglomerado populacional centrado em redor de uma praça para a qual convergiam outrora, todos os caminhos e ruelas do sitio. É um curioso urbanismo radial, com leque mais amplo para Sul e para a mancha dos campos e ruelas, cheias de cotovelos, ainda hoje mais passeadas pelos animais e aves de capoeira que pelos homens

     

    O Santuário da Nossa Senhora da Peneda

    A lenda de Nossa Senhora da Peneda e a provável edificação de uma pequena ermida no local da aparição durante o século XIII, criam um cenário de culto durante a Idade Média, solidificado num novo templo edificado no século XVII, e definitivamente desenvolvido e consolidado na área de culto actual, iniciada no séc. XVIII e finalizada no séc XIX.

    A romaria, que se realiza a 7 de Setembro, segue a tradição das grandes peregrinações marianas da Época Moderna, onde a envolvente paisagística, nomeadamente a proximidade de um grande elemento rochoso natural e a forte visibilidade, favoreceram o desenvolvimento de uma ambiência própria, com maior liberdade festiva e um isolamento espiritual mais próximo das necessidades dos romeiros.